REMA
Justificativa

De um lado, a produção de petróleo e gás realizada, sob a responsabilidade da Chevron Brasil, no Campo de Frade, gerando impactos e/ou conflitos socioambientais em uma região onde a atividade pesqueira é bastante significativa. De outro lado, a desvalorização socioeconômica da pesca artesanal em função da existência desses impactos e/ou conflitos que acabam interferindo e, até mesmo, comprometendo os modos de vida dos grupos a ela vinculados e que dela dependem.

Diante desse contexto, justifica-se a proposta do projeto REMA, no sentido de conceber e implementar processos educativos voltados para promover e fortalecer a organização comunitária desses grupos, não só para enfrentar suas dificuldades, mas também na perspectiva do reconhecimento social da profissão e da identificação da pesca artesanal como possibilidade de trabalho para os jovens.

Trata-se, portanto, de um projeto de Educação Ambiental que está em consonância com a Linha de Ação A estabelecida na Nota Técnica CGPEG/DILIC/IBAMA 001/10, que propõe a organização comunitária para a participação na gestão ambiental, no âmbito do licenciamento, visando o desenvolvimento de processos formativos junto ao público prioritário definido pelas diretrizes pedagógicas do IBAMA.

 

 

c